julho 13, 2024

Influenciadoras são presas em operação no Pará por divulgação do ‘Jogo do Tigrinho

Segundo as investigações, outros jogos de azar também faziam parte do esquema. Operação apreendeu ainda vários bens que juntos ultrapassam o valor de R$ 1 milhão, em Tucuruí, região sudeste do Pará. 

por G1

A Polícia Civil prendeu três influenciadoras digitais nesta terça-feira (18), suspeitas de divulgar ilegalmente jogos de azar na internet, entre eles o Fortune Tiger, conhecido como “Jogo do Tigrinho”. A operação intitulada “Hemera” ocorreu no município de Tucuruí, região sudeste do Pará.

Durante a ação foram cumpridos outros cinco mandados de busca e apreensão. Na residência das suspeitas foram apreendidos 7 veículos, entre carros e motos. 

Além disso, vários dispositivos eletrônicos, incluindo celulares, tablets, notebooks e máquinas de cartão. Segundo a Polícia, o valor total dos bens apreendidos ultrapassa um milhão de reais.

“Tivemos êxito com essas prisões e apreensões a fim de avançar e combater estas práticas de jogos de azar. O trabalho investigativo é fundamental para identificar a dinâmica dos crimes”, informou o delegado Hennison Jacob. 

Segundo a Polícia, as três suspeitas vão responder por estelionato, associação criminosa e outros delitos, como lavagem de dinheiro e crime contra o consumidor no Pará. 

As influenciadores seguem presas e estão à disposição da justiça. O trabalho das investigações seguem em andamento para identificar e responsabilizar outros envolvidos na rede de jogos ilegais.

“Tigrinho” no Pará

Em dezembro de 2023, uma operação da Polícia Civil intitulada “Truque de Mestre” investigou doze influenciadores digitais, envolvidos em esquema de jogos de azar na internet, em Belém e nos municípios de BragançaCastanhal e São Frascisco do Pará.

About Author